sexta-feira, 31 de julho de 2009

a caminho... das 30 toneladas!

1º dia a ensacar tampas, vejam aqui!

e voluntários??? hein???

vá lá pessoal, vamos lá dar o corpo ao manifesto! pelo que pude ver na reportagem fotográfica ainda podem até ganhar uns óculos de sol bestiais ;)

começou!

começou o stress adicional das últimas coisas a fazer antes de ir de férias.
mais ainda porque hje foi dia de voltar ao Hospital de São João, para uma consulta de rotina com o meu pai, ir ao lab e amanhã tenho de apanhar o comboio para ir para Lisboa.

Domingo, de madrugada, vou ter de estar no aeroporto da Portela para partir rumo a Lanzarote.

no entretanto há roupa para lavar, mala para fazer, casa para arrumar... e n mil coisas que me vou esquecer de fazer...

o bom da história é que já vejo luz ao fundo do túnel!

obrigado pelos votos de boas férias! desejo-vos em dobro aquilo que me desejam a mim!

sim Xu, tens os prémios que quiseres!

Moura, se assim acontecer, serão entregues ;) também estou em pulgas para conhecer a ilha e até já vi que organizam visitas aos vulcões!!!! (clap clap clap)

a caminho... das férias (5)


Lanzarote


é conhecida como 'Ilha do Fogo' e 'Ilha dos Vulcões'. A sua paisagem quase lunar, difícil de encontrar noutro local do mundo, surpreende os visitantes. Ao longo da ilha misturam-se os tons vermelhos e castanhos da terra com os azuis e verdes do mar, que contrastam com o branco das casas. A ilha é quase toda uma imenso parque natural, com zonas de Reserva Nacional e Mundial, sendo paisagem protegida e com regras de urbanismo e construção que lhe permitem ser uma das mais bem organizadas.


é disto que vou à espera, eu que adoro ilhas e vulcões!


também já não me apetecia mais manter o mistério até porque muitos acertaram! (boa!)

agora já só quero que chegue o dia de ir LANZAROTEAR!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Quando eu era ainda mais piquenina... adorava ver esta série

cheia de classe e glamour.

Viva Azeitão!

hoje recebi este e-mail da F. Viva Azeitão!

"Olá,

chegou através de uma amiga que vive em Azeitão o seu apelo para juntar tampas.
Passei a informação para várias amigas da zona e já começámos a juntar garrafões.

Espero até Setembro ter mais notícias para lhe dar.
Agora só queria que soubesse que o seu apelo já está a ter adesão pelos lados de Azeitão!

Bem haja."

eu só posso dizer: OBRIGADO!

Sha-la-la-la-la

como eu gosto desta!


chalupa e na fase Mr Bean para não adormecer.

digam lá que não sou igual! confiram aqui.
Agarrado, demorou mas valeu a pena esperar ;)

porque preciso desligar...

... tb este blogue vai ter um período de descanso, pontuado de vez em quando com algum post.

em Setembro regressearei em força, mas durante o mês de Agosto será algo light, quiça um post aqui e outro em Bagdad!



os meus pés...

no mimo

quarta-feira, 29 de julho de 2009

a caminho... das férias (4)


pista nº 4: esta praia fica lá!

oceanidades...

eu não disse que ele estava vivo????

confiram aqui

só é pena que, volta meia volta, hiberne durante uma eternidade ;)

a caminho... das 30 toneladas!

boas notícias aqui!

adenda: obrigado Nucha, inadvertidamente esqueci-me de ligar o "aqui" ao link que queria que vissem, mas já está corrigido. sorry!

ps criei um "selo" de TAMPAólico. confirmem no topo superior direito ;)

palavras e gestos que fazem eco cá dentro


tenho um, entre muitos, defeitos que, regra geral, se vira contra mim.

é que sempre que preciso de um ombro ele, regra geral, não existe.

o que é que isto tem que ver com o defeito? tudo!


acho que tenho a imagem "da que toca tudo para a frente!" :) e portanto devo ter ar de quem não precisa :)


depois, depois há quem tenha o gesto certo, ou as palavras certas, e essas ficam sempre gravadas.


um mimo para a alma, o "como não tens, eu faço-te companhia"... e normalmente não vem de quem se espera.

assim, entre ontem e hoje, houve algumas criaturas capazes dessa generosidade.


agorinha mesmo foi a Xu, com este comentário ao post anterior:

"És uma incorrigivel sonhadora mas ... os sonhos fazem-te bem, ficas com bom aspecto qdo sonhas!"


eu cá, hoje, acho que isso dá é muitas dores de cabeça! ;)

"sempre as tampas"

foi o assunto de um e-mail que recebi, hoje, do Raio de Sol.

esta história das tampas faz-me lembrar, cada vez mais, o filme "Favores em Cadeia".



acho que já só falta o José, o Cavaco, o Francisco, o Jerónimo, o Paulo e a Manuela mostrarem o garrafãozinho onde guardam as tampas para o Cucu e apelarem para que todos tenham um tampódromo!

eu sei, é um delírio! mas que tinha muita piada, lá isso tinha!

delicioso... não acham?

hoje...

acordei com esta. Não sei porquê, até porque não delirei com o filme. Acho que foi aquele resquício de energia que me fez ir buscar esta canção e colocou-me nos pés a vontade de dançar :)
hum... e de repente fiquei com saudades de comida indiana...


um resquício

hoje já me sinto ligeiramente mais enérgica.

ontem, de regresso à casota, fiz greve ao computador. comprei uma revista cor-de-rosa e embruteci durante a viagem.
a greve ao mundo informático foi somente interrompida pela aprovação de alguns comments antes de ir para a cama.
hoje, na viagem até ao lab, nova greve ao computador a emails e resultados por tratar. voltei ao meu "Código d' Avintes", uma leitura excelente para comboio e, em especial, neste tempo em que em que se quer algo light mas sem ser acéfalo. falarei sobre ele noutra altura mas digo-vos, desde já, que há gargalhadas que saem sem esforço com esta leitura.
e, pronto, acho que fui buscar um resquício de energia que estava perdido lá no fundo do baú para ver se me aguento por estes dias.

apontem onde quiserem mas não se esqueçam de ir

Feira Medieval em Santa Maria da Feira aqui
de 30 de Julho a 9 de Agosto


Festival Internacional dos Jardins, este ano sob o tema As artes no Jardim, em Ponte de Lima.
Vejam tudo aqui

shhhhhhhh...

é só para dizer que o luís r. tá vivo!
será que vai voltar a escrever aqui????

terça-feira, 28 de julho de 2009

a caminho... das férias (3)

pista 3: a ilha tem entre 1 e 1000 vulcões :)

dicionário (8)

ANSIEDADE é quando os minutos parecem intermináveis para conseguires o que queres.

curto... os pés dela


sou como ela, também curto os pés (dela)

2 cafés depois...

no espaço de duas horas e continuo sonolenta.


as boas notícias?
1) as férias estão quase a chegar;
2) as experiências correm e
3) quando cheguei ao lab tinha "mimos para a alma".


aaaaaaaaaah é bom!


de "presente" deixo-vos a mim própria com o look polícia, que tive ontem, com umas oculetas emprestadas!
sem documentos, vão ter de me acompanhar à esquadra mais próxima :D


tou no comboio...

e dava tudo por um café e um pastel de nata!

foi-se

a minha energia foi-se!

só me apetece, mesmo, desatar num pranto infindável...

segunda-feira, 27 de julho de 2009

tampas...

eh pá hoje disseram-me que parece que já há (mais) uma tonelada de tampas, num local de Portugal continental, para o meu Cucu (quando tiver mais detalhes deixá-los-ei aqui).

na garagem dos meus pais já há mais 3 sacos de 100L.

we are going to make it!

a caminho... das férias (2)

estou a ver que anda por aí gente a tentar adivinhar, cá vai mais uma pista.

2ª pista: é uma ilha!

"És uma provocadora!!!! És, és .....!!!!!"

recados da Carmenzita

chorar

à hora que vos escrevo, ainda na estação de São Bento e a 1h30 de chegar à casota, só vos posso dizer que me apetecia desatar num pranto. daqueles com direito a uma ranhoca, baba e várias fungadelas. que passam pela parte de gargalhadas histéricas para, de seguida, passar a soluços convulsivos, ainda mais ranhoca, ainda mais baba e ainda mais fungadelas!

porquê?

por nada de especial, acho que começo a descomprimir dos últimos tempos e, com o balão a esvaziar, os níveis de adrenalina a descer dá-me para isto.

tenho, no entanto, de me "pôr fina" que ainda há semana pela frente.

adiante, portanto.

sabedoria de gato (2)




2) negociar um bom contrato

advertência: o planeta da piquenina pode fazer mal ao coração. previna-se!


"(...)

Depois..., fui visitar o teu blog e deparei – me com a ZICA BLUE... fizeste – me ir ao pacote dos lenços, minha marota.... verdade que isto aqueceu o interior todo à ziquita.. mais disto e cai pró lado que o coraçanito dela vai ficando frágil......

muito e muito obrigada por também existires na minha vida e contribuíres para que eu não sinta uma descrença total na gente que nos rodeia e que cada vez mais nos desilude...

Abraço grande, do tamanho do mundo..."
by Carmenzita

ensinamentos da piquenina com legenda


"Life is not about waiting for the storms to pass...
it's about learning how to dance in the rain."

e, de repente...

o mundo cai-me aos pés.

tão perto de ir de férias, já em countdwon, e é como se subitamente tudo tivesse um peso insuportável.

acontece-me sempre assim. se precisasse de trabalhar mais duas ou três semanas, andaria fresca que nem uma alface mas assim, com a linha de água tão próxima, tudo parece extremamente doloroso e penoso.

boa notícia já falta quase menos meio dia para ir de férias :)
boa semana, a tutti!

para início de semana deixo, aqui, uma sugestão da Bé! sim Bé, é obsessão, mas também é verdade que tens razão, é sublime a conjugação da voz da Regina e da letra do John! um mimo para a alma. obrigado.
porque há canções que são poesia...



All my little plans and schemes
Lost like some forgotten dream
Seems like all i really was doing
Was waiting for you

Just like little girls and boys
Playing with their little toys
Seems like all they really were doing
Was waiting for you

Don't need to be alone
No need to be alone

It's real love
It's real, yes it's real love
It's real

From this moment on i know
Exactly where my life will go
Seems that all i really was doing
Was waiting for love

Don't need to be afraid
No need to be afraid

It's real love
It's real, yes it's real love
It's real

Thought i'd been in love before,
But in my heart i wanted more
Seems like all i really was doing
Was waiting for you


Don't need to be alone
No need to be alone

It's real love
Yes it's real, yes it's real love
It's real, yes it's real love...
[John Lennon]

domingo, 26 de julho de 2009

não é proibido! ouviram gente das dietas????? :P

Jujuba, bananada, pipoca,
Cocada, queijadinha, sorvete,
Chiclete, sundae de chocolate
Paçoca, mariola, quindim
Frumelo, doce de abóbora com coco
bala juquinha, algodão doce, manjar

Venha pra cá
Venha comigo
Amar é pra já
Não é proibido
Vou te contar
Tá divertido
Pode chegar

Uh,uh ,uh

Vai ser nesse fim de semana
Manda um e-mail para a Joana vir

Uh,uh ,uh

Não precisa tocar bacana
Fábio, Clara e Peixoto, chega aí
Traz todo mundo
Tá convidado
É so chegar

Festa da gente
Tá liberadoa
É pra dançar
Toda tristeza
Deixa lá fora
Chega pra cá

Zica Blue

Finalmente hoje vou-vos falar da minha Carmenzita (depois de já ter referido várias vezes neste berloque. confiram aqui).

Chama-se "do Carmo", tal como eu. Quando a conheci deveria ter logo concluído que isto era um "bom augúrio", mas a sabedoria dos 14 anos ocupa o reino dos números imaginários... não existe.
Foi minha professora e a primeira vez que saímos juntas, ainda nessa qualidade de professora-aluna mas já com algumas sintonias, ela ofereceu-me um caderninho (que guardo até hoje) e comprou pêras-abacate (porque ia ter uns convidados em casa), e eu nunca mais me esqueci. As aulas dela tinham sempre alguma coisa diferente: um vídeo (sim, ainda não havia DVD's), uma BD temática, uma Science & Vie com novidades científicas...

Deixámos para trás a relação formal professora-aluna e continuámos a investir numa amizade que foi crescendo. Uma amiga mais velha que gostava de tontarias, que conhecia coisas diferentes, que abria a mente...

Neste momento já há mais vida com ela do que sem ela. As sintonias são mais do que somente o "do Carmo", às vezes vivemos mais próximas, outras mais afastadas, mas sempre com a certeza de que mesmo sem ver, ou falar, estamos lá uma para a outra.

A propósito de sintonias ela aprendeu italiano quando era mais nova e, confessou-me aqui há tempos, que sempre gostou de tango e que adorava aprender a dançar.

Mais, ainda hoje recebi dois e-mails dela dela que a determinada dela dizem assim:

"É só para dizer que esta semana diverti – me à grande com “ A idade do gelo II “ que tinha cá em casa e que ainda não tinha visto . Sou fã daquela espécie de esquilo maluco sempre em demanda da sua bolota..!!!!! Isto porque tive a ouver o canção no teu bloguito. Adivinhaste, não foi????

E sabes que nos dias anteriores próximos de teres posto a canção do biquíni e dos óculos de sol, andei feita tonta na net à procura das palavras da cantiga para poder trautear melhor??? Pois...."

Não é mãe, não é tia, não é irmã, não é amiga, é a minha Zica Blue, que tem um pouco de tudo isso mas cujo resultado final não é igual à soma das partes. Parte do que sou hoje, do que conheço, do que gosto, tem dedo dela. Um dedinho mágico...

Há uns anos disse-lhe que tinha curiosidade de ver fotos dela quando era mais nova. Ela, na primeira oportunidade, mostrou-me albúns de fotografias. Bati o olho nesta e nunca mais a esqueci. Um tempo mais tarde pedi que ma emprestasse para tirar uma cópia. Hoje há uma cópia dessa mesma foto emoldurada na sala da casota. É essa a foto dela que deixo aqui, hoje.

Acho que diz muito do que ela é: simplesmente bonita!

e a minha pergunta é: porquÊ????

"é muito difícil estar só e muitas pessoas preferem estar mal-acompanhadas que estar sós."

"vivemos numa sociedade onde é proibido envelhecer."

Luísa Castel-Branco dixit

porque é que as pessoas se sujeitam a estas ditaduras???

a caminho... das férias


se correr tudo como planeado, de hoje a oito dias, estarei de férias e a esta hora já estarei no meu (primeiro) destino.

nada com que tivesse sonhado mas quando, de repente, me sugeriram este destino pareceu-me óbvio que essa deveria ser a escolha.
na mala de viagem levarei este "pequeno degrau" que me foi oferecido pela Carmenzita.

1ª pista: este livro está escrito na língua que se fala no local para onde vou :)

me, myself and i

só me apetece aplaudir. é que se há alturas em que um fim-de-semana sozinha é algo difícil de suportar, outras há em que é uma pura benção.

de volta a rituais e rotinas e sem necessidade de interacções.

aaaaaaaaah, sem preço!

Gira-Discos vs Mp3 - 57

Esta semana, no Gira-Discos, Queen com Somebody to Love.

Can anybody find me somebody to love?
Each morning I get up I die a little
Can barely stand on my feet
Take a look in the mirror and cry
Lord what you're doing to me
I have spent all my years in believing you
But I just can't get no relief, Lord!
Somebody, somebody
Can anybody find me somebody to love?




No Mp3,Regina Spektor e Samson.

You are my sweetest downfall
I loved you first, I loved you first
Beneath the sheets of paper lies my truth


Bom Domingo e boa semana!

sábado, 25 de julho de 2009

no ano em que eu nasci...

a Amnistia Internacional ganhou o Nobel da Paz.


A Aminstia Internacional foi criada em 1961 porque em 1960 , um advogado britânico, Peter Benenson, leu num jornal, enquanto ia para o trabalho, que dois estudantes portugueses tinham sido presos. Uma ocorrência bastante comum, mas quando Benenson continuou a ler, mal conseguiu acreditar no que os seus olhos viam: os estudantes tinham sido presos e condenados a sete anos de prisão. Porquê? Por terem brindado à liberdade, num restaurante. Esta história tocou bem fundo o advogado que já estava consciente das injustiças que ocorriam no mundo inteiro. Pensou organizar uma campanha que teria a duração de apenas um ano. Dar-lhe –ia o nome de “Apelo para a Amnistia 1961” e seria a favor de todos os prisioneiros que estavam na prisão devido às suas convicções religiosas, opinões políticas, sexo e raça (prisioneiros de consciência). Queria ajudar os que estavam presos sem um julgamento justo e aqueles que enfrentavam a pena de morte. Num ano era possível fazer muita coisa. Peter Benenson encontrou o seu amigo Eric Baker e, juntos, discutiram a ideia com entusiasmo. Assim, no domingo, 28 de Maio de 1961, Benenson publicou um artigo no jornal The Observer, que se destinava a pôr em acção todo o movimento. Chamava-se “Os prisioneiros esquecidos“ e, no mesmo dia, foi publicado um artigo similar no jornal francês Le monde. O “Apelo para a Amnistia 1961” estava lançado. Num curto espaço de tempo recebeu milhares de respostas. Assim nasceu uma Organização Mundial, independente e imparcial que se preocupa apenas com a defesa e promoção dos Direitos Humanos. (texto tirado daqui)

viva a rotina (às vezes ;))

estou contente comigo!

ao fim de um mês voltei à minha rotina de fim-de-semana: acordar à hora que me apetece e depois sair para ler o jornal e tomar o pequeno-almoço. aaaah e que bem que soube!

mas estou contente comigo porque de seguida dediquei-me a tarefas domésticas sem me aborrecer de morte e ainda fui ao centro, vi os saldos, comprei fruta e legumes...

assim, à hora que vos escrevo, não só tenho tudo "orientado" como vou ter tempo de preparar a arguência que vou ter na segunda-feira e fazer mais duas ou três coisas :)

clap!clap! clap!

viva eu!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Os poemas do gato - Lágrima de preta



Encontrei uma preta
que estava a chorar
pedi-lhe uma lágrima
para a analisar.

Recolhi a lágrima
com todo o cuidado
num tubo de ensaio
bem esterilizado.

Olhai-a de um lado,
do outro e de frente:
tinha um ar de gota
muito transparente.

Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,
as drogas usadas
em casos que tais.

Ensaiei a frio,
experimentei ao lume,
de todas as vezes
deu-me o que é costume:

nem sinais de negro,
nem vestígios de ódio.
Água (quase tudo)
e cloreto de sódio.

[António Gedeão]

we have our looks and perfume

porque hoje voltei a ela :)

é oficial: o fim-de-semana chegou!

vou ter de trabalhar, mas ainda assim é fim-de-semana!
vou poder dormir até tarde, acordar e, seja a que hora for, sair para ir ler o jornal enquanto tomo o pequeno almoço.
aaaaaaaaaaaah!

olha, escuta: vida é vida!

um dia cheio

é o que me espera.
cheio de diferentes tarefas e actividades.

guardo para mais logo, ou amanhã, a actualização das minha ida a mais uma aulda de tango.
estou a gostar tanto! tango é mesmo um feeling inside!

boa sexta-feira a todos!

dicionário (7)

TRISTEZA é uma mão gigante que aperta o coração.

"batei e abrir-se-vos-á, pedi e ser-vos-á dado..."

estou a citar de cor uma passagem de Mateus (penso eu, se a memória não me atraiçoa)
um dia destes vou pedir para mim...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

tampa a tampa...

FABULOSO!
não há dia que passe que não se receba um email de alguém que não conheço a prontificar-se a dar tampas!!!!
tá tudo tampaminado (como diz a Xu)!

piquenos e grandes, conhecidos, desconhecidos, novos, velhos, altos, baixos... TUDO e TODOS!


ao pessoal do 6º piso da FCT que guardam tampas para o afilhado da amiga da Inês:
OBRIGADO!


à chega-meumnúmeromaior, que não tem nada que ter vergonha da caixinha (tudo pesa nas 30 toneladas!):
OBRIGADO!


ao pessoal aqui do lab:
OBRIGADO!


à Alexandra e à Tânia, que não conheço, e que me enviaram e-mails recentemente:
OBRIGADO!


a todos os amigos que chateei e que acumulam tampódromos nos locais mais sui géneris:
OBRIGADO!


sinto-me a fazer parte de um enorme milagre!


pela net fora o que se lê a propósito deste assunto:

às vezes gostava de ser amiga de uma centopeia :)

ó puto, desta vez esticaste-te!


eu até sou um gato calmo, se fizerem tudo o que eu quero não há chatices para ninguém! simples, certo?


pelos vistos não e há gente, que ainda nem gente em condições é, que tem a mania que é engraçado. falo do Cucu, o afilhado da minha dona. ah e tal tem sentido de humor e tem um olhar luminoso e é um gozão... quer gozar, vá gozar com outro animal de estimação, comigo é que não!


fiquei tão furioso que só agora, passados dois dias é que consigo falar sobre o assunto. este puto teve a ousadia de enviar um "Miu portátil" à minha dona! ainda por cima enviou uma pseudo action figure da minha pessoa, que não me representa em condições, num envelope às florzinhas cor-de-rosa. grrrrrrrrrrrrrrrrrrr.


sim, onde estão o meu rabo longo e elegante, os meus olhos âmbar, as minhas "almofadinhas" sensuais??? hein, puto????!! onde??? se queres que a minha dona me tenha com ela, sempre que não está comigo ao menos faz as coisas em condições! desta vez esticaste-te com o gato errado, puto!


queres fazer alguma coisa em condições arranja-me mas é uma dona portátil, a mim!

o corpo foi mais forte que a mente

agora estou mais aliviada, mas quando o despertador tocou o meu corpo pesava 30 toneladas (as mesmas que precisamos de tampas para a cadeira do Cucu). juro! pesava mesmo!

e por mais que as sinapses andassem doidas, de um lado para o outro, a dizer: "levanta-te e anda!!", o corpo não se mexia, mas também mexer 30 toneladas não é propriamente tarefa fácil.

o corpo venceu, não se mexeu, e o despertador ficou a tocar de 10 em 10 minutos pelo menos por 1h.

agora que estou, finalmente, de saída devo-vos dizer que é mesmo verdade, não há mesmo como uma vida tranquila e um sono reparador para ajudar nas dietas.

é que as 30 toneladas já se foram, agora já só devo pesar 56kg.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

rotina


voltámos à nossa rotina! hum... sabe bem. até amanhã.

tampódromo


continuo espantada.

se eu soubesse que um único comentário* em forma de apelo no blogue da Laurinda Alves ia ter este efeito, já o teria feito há mais tempo.

a Nucha é a mais recente responsável por este espanto e o efeito estroboscópico é responsável pela nova expressão, para os garrafões que guardam tampas: tampódromo!

a Nucha andou uma noite destas a distribuir tampódromos, para ninguém ter desculpa para não juntar tampas.

há uns tempos atrás foi o fred que desencadeou um processo, ainda em curso, para ajudar nesta luta.

parece algo contagiante! é bestial!


no lab hoje ouvi alguém, que ainda não sabe o que se passa, dizer: "está tudo contaminado, agora há coisas dessas para juntar tampas em todo o lado!"

há gente a querer-me enviar tampas de Espanha!
e um pouco por cada vez mais cantinhos "internéticos" começa a disseminar-se este apelo.

para terem uma ideia de como isto está a correr, a Mãe Sisa fez um ponto de situação aqui!

mensagem a reter:

"tampa a tampa enche o tampódromo o papo"


Obrigado, mais uma vez, a todos!


*Querida Laurinda,

se escrevo este texto em forma de comentário a um post, é porque não encontrei uma forma diferente de o fazer. Ponderei algum tempo se o devia fazer. Decidi-me a fazê-lo. Como sempre poderá decidir não o publicar e entendo perfeitamente se for o caso. Vou tentar resumir a história, mas temo que, mesmo assim, vá ser um pouco extenso.


Sou madrinha de uma criança feliz, com um sentido de humor apuradíssimo, um olhar expressivo que, tendo nascido saudável, adquiriu uma paralisia cerebral e uma bronqueolite obliterante por em meio hospitalar ter sido exposto a adenovírus e no tempo que se seguiu ter tido a necessidade de ser ventilado por duas vezes. E não foi por acaso que comecei por o descrever como uma criança feliz, porque na verdade é isso que o define e não a deficiência.


Se escrevo aqui hoje é porque penso que quem a visita poderá querer fazer parte de um milagre. Sim, porque os milagres acontecem!


O Cucu (o nome que lhe dou) ou Principezinho (como lhe chama a família) precisa de várias ajudas técnicas, que são extremamente dispendiosas e que o Estado acaba por nunca ter verba para financiar, apesar de tal ser um direito efectivo consagrado na constituição portuguesa. Depois de algumas lutas, foi possível ajudar a adquirir uma cadeira para transporte no automóvel, graças à solidariedade e generosidade de amigos, amigos dos amigos e desconhecidos.


Agora a luta é outra e é precisa mais mobilização. O Cucu precisa de uma cadeira de transporte e posicionamento. Visto ser muito dispendiosa começamos a juntar tampas de plástico para a conseguirmos junto de uma dessas entidades que "dão" cadeiras a troco de umas toneladas de tampas. Só que, neste caso para esta cadeira são necessárias 30 toneladas! E para ter uma ideia 1 camião TIR leva 9 toneladas (eu não fazia ideia)!


Assim cheguei finalmente ao ponto que me levou a escrever este imenso comentário, será que entre os que a visitam não haverá quem queira contribuir juntando as tampas de plástico que, normalmente, vão parar ao ecoponto? Para já só temos ainda um ponto de recolha para Lisboa-Cascais-Sintra em que há uma pessoa que disponibilizou o espaço e uma instituição oferece o trabalho de as ensacar e levar ao ponto de entrega (em Águeda).(estamos a mexer-nos para arranjar um espaço a norte, mas como ainda não está nada certo não será para já possível aceitar tampas a norte)


Se alguns dos que a visitam quiserem contribuir ou saber mais informações agradecia que me contactassem para o seguinte e-mail:



e claro, se quiserem toda a história deste menino feliz podem fazê-lo visitando o seguinte lugar:



Obrigado.Piquenina



five minutes of everything

desta vez foi ela que me pegou o arrepio, não é minha giulieta?
porque há músicas que são poesia




Give me please five minutes of everything
Those days when you wake up
And there's no one by your side
My arm slides slowly to my left side
And to my right side, there's no one there
To kiss you or to hear you
And you go out of bed
Thinking in those days that you need
You used to talk and talk about
And everything that stops your attention
You used to talk, talk about
Everything
Those days when you walk at the bar
And try to keep a conversation with somebody else
And no one out there you could sit down or walk
There's no one there.
Five minutes of love
Five minutes of hate
Five minutes I try to call your name
Five minutes of passion
And no one knows the right place to go
No meaning or just self-control maybe
And you walk out of there
You need to talk with somebody else
And to know the problems are waiting for
Outside the door
Are waiting for
The clock won't stop
And even if it stops
Five minutes of love
Five minutes of hate
Five minutes I try to call your name
Of passion
Five minutes of everything
Of everything
Maybe you want to talk about old questions
Right next to my ear
But I don't care about those silly things
Cause all I need is five minutes of everything

sabedoria de gato

1) o que fazer quando já não há ração?

se lhe adicionarem um miado insistente e marcarem 4h no relógio, o problema fica rapidamente solucionado.

já está!

já tenho uma semana de férias marcada.
uma viagem em tudo diferente das minhas habituais viagens.
já sonho com ela :)
sim, este ano consegui libertar-me de algumas amarras que tenho e que, muitas vezes, me impedem de me mimar e auto-presentear!
e vai ser uma combinação de várias coisas de que gosto.

dicionário (6)


RECORDAÇÃO é quando, sem autorização, o teu pensamento torna a mostrar um episódio.

sono, cansaço e uma manhã chuvosa... o que me faz rir? coisas piqueninas

um dia que parece de Inverno (cinzento, frio e chuvoso), um acordar muito ensonado e um corpo que tenho de arrastar, que parece ter sido sovado por toda a liga de futebol americano, não são bons augúrios para uma manhã bem disposta.

o que me faz rir então?

bom, primeiro abrir o berloque e ver que o número de visitas é 10999 (gosto de números ímpares) e, depois, o "arranque" do comentário da Nucha ao meu post "esparguete"

"Piquenina,
Esparguete e birras, adorável!!!!Era mesmo o que nos fazia falta lol"

:D :D

e pronto, eis que todo o comboio é presenteado com uma bela e sonora gargalhada às 7h30!
tudo normal, portanto.

terça-feira, 21 de julho de 2009

os meus pés...


à chuva, no terraço.

esparguete

estou como o esparguete, mole e enrolada sobre mim mesma.


1001 coisas em atraso, outras tantas para tocar em frente, e-mails para responder, amostras para preparar, experiências para fazer, artigo para escrever, relatório para ler e discutir, decisões a tomar, sono em atraso...

às vezes apetece mesmo fazer uma birra valente!

se neste entretanto estiverem à espera de uma resposta minha e ela tardar em aparecer, insistam, porque a probabilidade de eu me esquecer aumenta exponencialmente a cada hora que passa.

Nucha, estou sem palavras (e olha que eu não sou miúda de ficar calada :) ).
Bom descanso nessa terra boa!



olha outro!

dicionário (5)


INTUIÇÃO é quando o teu coração dá um salto no futuro e regressa imediatamente

curto... o nariz dela

foto tirada pela Xu, durante uma conversa via skype

não sei porquê mas curto. as minhas patas encaixam lá na perfeição e sabe-me bem senti-lo debaixo das minhas "almofadinhas". curto. para mim é o nariz mais importante do mundo...
a seguir ao meu!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

gosto dela inteira porque sobressai no meio da multidão*


* giulieta dixit e por isso, e para ti, aqui fica: inteira!

não sei dizer mais nada a não ser OBRIGADO NUCHA


hoje não podia vir mais a propósito este meu antigo post

estava eu gloomy e quando abro a minha caixa de e-mail tenho uma meia dúzia de e-mails da Nucha a propósito dos contactos que já levou a cabo para ajudar com a cadeira do Cucu.

foi impossível não ficar espantada e extremamente agradecida.

repito hoje aqui, tal como no antigo post, uma das frases do Love Actually:


" (...) If you look for it, I've got a sneaky feeling you'll find that love actually is all around."

e de repente...

só quero é férias!

e esquecer-me do mundo, em particular, e de mim, no geral :)

dicionário (4)

LUCIDEZ é um acesso de loucura ao contrário.

domingo, 19 de julho de 2009

dicionário (3)

RAIVA é quando o leão que vive em ti, mostra os seus dentes.

obrigado

desaparecer é algo que, cada vez mais, me parece uma opção agradável.
assim do estilo:
"ah e tal, vou ali ver se Plutão ficou chateado por já não ser considerado um planeta e volto daqui a uns milhares de anos-luz. não se esqueçam de dar de comer ao gato e regar as plantas. adeus e obrigado!"

porque há músicas que lavam a alma...

Quando eu era ainda mais piquenina... curtia ver isto e a minha personagem favorita era a Cuca!



Cuidado com a Cuca, que a Cuca te pega...

Cuidado com ela!

dicionário (2)

VONTADE é um desejo que nos incentiva a fazer novas descobertas.

Gira-Discos vs Mp3 - 56

Esta semana, Chega de Saudade numa dupla fantástica, João Gilberto e António Carlos Jobim.
Os abraços hão de ser milhões de abraços
Apertado assim, colado assim, calado assim
Abraços e beijinhos, e carinhos sem ter fim
Que é pra acabar com esse negócio de você viver sem mim.
Não quero mais esse negócio de você longe de mim...



No Mp3 uma sonoridade reinventada para a guitarra portuguesa, com Trilhos e a Ponte Romana.

Bom Domingo e bom início de semana!

sábado, 18 de julho de 2009

mereço


mereço férias! sobretudo depois do ano passado não as ter tido.

e agora, depois de um dia extenuante, mereço ir passear até ao centro e tomar um café na brasileira.

mereço e ponto final!

dicionário (1)


PREOCUPAÇÃO é como uma cola que não deixa sair do teu pensamento aquilo que nem sequer aconteceu.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

olha, escuta: só se vive uma vez!

tentem imaginar: eu a imitar o Chato a cantar esta canção em português.
aconteceu. hoje. no lab.
o que se ouviu a seguir?
tá possuída! (se calhar estou mesmo!)


dicionário

hoje a F. enviou-me um e-mail delicioso com um dicionário de sentimentos.
nos próximos dias vou deixar vários desses significados por aqui.
obrigado :)

INDECISÃO é quando tu sabes muito bem o que queres, mas te parece que deverias optar por outra coisa.



(porque hoje é um bocadinho assim que me sinto a propósito de uma proposta que me fizeram)

e é isto



agora é aos garrafões e aos sacos.

quando cheguei do almoço tinha este ao lado do meu computador com um post it que dizia:

"A D. Aurora trouxe para ti"


:)

delicioso


morremos de saudades um do outro e ele passa a vida a pedir/chatear para me ligarem. quer-me ver. e às vezes é só isso. acho que às vezes ele só quer mesmo ver-me. verificar que eu estou cá. não o digo em tom de lamento, pelo contrário. acho bestial e delicioso (duas palavras que uso constantemente). enquanto falamos, eu e a Mãe Sisa, ele vai-se distraíndo. às vezes expressa a sua falta de paciência para conversas de gente com mania que é crescida para a seguir dar uma gargalhada, ou fazer um olhar mais envergonhado quando lhe pergunto se quer namorar comigo.
gosto. estes dois são capazes de me iluminar os dias.

encontros na blogosfera a propósito de tampas de plástico

foto tirada em Bremen, Julho 2009


desta vez foi com a Nucha.
aqui há tempos deixei um comentário/apelo no blogue da Laurinda Alves a propósito desta missão tampas e a Nucha disponibilizou-se logo a ajudar a angariá-las.

não conheço a Nucha, mas a verdade é que ontem trocámos uns e-mails deliciosos que me faz sentir que a conhecemos desde sempre.

lembro-me que uma amiga, aqui há uns tempos, recebeu um e-mail em que alguém de certo modo criticava esta história dos blogues, dizendo que as pessoas deixavam de se encontrar para ter relações virtuais. para mim a experiência é a oposta, o mundo da blogosfera tem permitido encontros que seriam de outro modo muito improváveis. por exemplo a Moura sugeriu há pouco tempo um café entre Porto e Aveiro e eu fiquei com muita vontade que ele aconteça (ainda não sei quando Moura, porque ainda tenho a minha vida um pouco embrulhada).

quem disse que as sintonias não se podem gerar deste modo? ou já se esqueceram das madrinhas de guerra, que tantas vezes resultou em casamento?

gosto destes (e de outros) encontros.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

porque rir é MESMO o melhor remédio

Laughter and play are important in our human behavioral repertoire, a response both ancient and modern. When we laugh spontaneously, we use a capacity rooted in our most primitive biology. When we laugh at a subtle joke, we build on this primitive process, employing an advanced capacity of our brains. In both cases, our laughter has a surprisingly important role.
Panksepp summarizes this with wisdom and beauty:

"Play and laughter not only fertilize the brain but they fertilize the human spirit. These are the types of systems that allow us to be joyous, sharing creatures that do the right things in the world—or usually do the right things. If other people are interacting with us in positive ways and we respect the way they feel and they respect the way we feel, if we read each other’s minds correctly, then I think we have a better world. And play and laughter are a big part of that."

como resposta ao Nuno: sim, há foto de mim a manter os olhos abertos entre o polegar e o indicador e com a língua de fora.


Smile though your heart is aching;
Smile even though it's breaking.
When there are clouds in the sky, you'll get by.
If you smile through your fear and sorrow,
Smile and maybe tomorrow,
You'll see the sun come shining through for you.

Light up your face with gladness,
Hide every trace of sadness.
Although a tear may be ever so near,
That's the time you must keep on trying,
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile,
If you just smile.

That's the time you must keep on trying,
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile
If you just smile


Letra escrita por John Turner e Geoffrey Parsons
Música escrita por Charlie Chaplin para o ser filme, Modern Times (1936).

é oficial: o meu pai já é um Terminator!


hoje, dia de nova cirurgia para pôr a bateria do neuroestimulador no peito e pôr os cabos a "passar por dentro".

correu tudo bem e o Sr. R. estava bem disposto :)

agora mais uns dias no hospital e vamos ver como evolui.
a certeza é que posso dizer que o meu pai é um Terminator e que he will be back!

porque há canções que são poesia...

My heart was made of broken bones
My Soul’s a bag of stick and stone
And out along this dusty road
You have come my love to take me home

I give to you my everything
You’ve given me these loving wings
And angels have all gathered round
to hear me sing my love out loud (oh...)

You lightly lifted me away
Out of a darkness, cold and gray
And I work beneath the midday sun
My cool blue water you have come

I give to you my everything
You’ve given me these loving wings
And angels have all gathered round
to hear me sing my love out loud (oh...)

So take your place here next to me
And I'll take my place there next to thee
And no matter how far we may roam
Its by your side I make my home

I give to you my everything
You’ve given me these loving wings
And angels have all gathered round
to hear me sing my love out loud (oh...)


  © Blogger templates 'oplanetadapiquenina' by oplanetadapiquenina 2009

Back to TOP