terça-feira, 31 de maio de 2011

eu

já fui à feira do livro do Porto e recomendo vivamente o "eu".
mais do que para os miúdos-piqueninos pode ser uma
verdadeira inspiração/roteiro para graúdos-piqueninos, como eu!
post scriptum. gosto muito da GATAfunho

afinal há uma criatura igual a mim na dificuldade em acordar... pertence ao mundo felino

segunda-feira, 30 de maio de 2011

no limite...

ternura em estado puro

post totalmente concebido e patrocinado by Carmenzita

domingo, 29 de maio de 2011

no reino das sombras

sábado, 28 de maio de 2011

gosto de... ver florir aquilo que plantei



sexta-feira, 27 de maio de 2011

oficialmente doente

é assim que está o Miu.
um fungo apanhou-o e agora está com um tratamento, 
que implica toma medicamentosa, que vai durar 5 semanas.
gerir isto com períodos em que terei de me ausentar vai ser uma coisa "esperta".

quinta-feira, 26 de maio de 2011

já estou para lá do além

e já nem eu própria me aguento!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

se "me chorares um rio", ao menos que seja o Douro!

video

gostei... desta entrevista


o sócio é mesmo genuíno! 
gosto especialmente do episódio em que Pinto da Costa lhe diz, 
a propósito do Porche amarelo, 
"Paulinho, o carro é muita bonito!" 
ou de como ele, quando Mário Soares o "safou" da tropa, 
passou a pensar antes dos jogos: por mim, por Portugal e por Mário Soares. 
gosto de gente genuína!

terça-feira, 24 de maio de 2011

e de onde vem isto de eu dizer que hoje só me apetece stitchar?

resposta: desta conversa passada na net, aqui há uns tempos.  Piquenina: vou ter de a estraçalhar um dia destes
Raio de Sol: "estraçalhar" é um verbo que te "assenta" :) estava agora aqui a pensar.sabes como é que tu "estraçalhas"? 
 Piquenina: hm
  não
Raio de Sol: imagino-te assim pequena, frenética, a mexer mãos e braços e a lixar* tudo :D mas em fast forward (se fosse um filme)
  conheces o Stitch?
 Piquenina: nop
 Raio de Sol: http://www.imdb.com/title/tt0275847/o Stitch também "estraçalhava" :D  
* a palavra original era o lixar que se escreve com f ;) mas como o Raio de Sol habitualmente não usa palavrões achei por bem substituir a palavra

é uma pena...

que nunca tenhamos tido governantes com deficiências físicas ou com graves problemas de mobilidade reduzida e que, esses mesmos governantes, tivessem de andar de transportes públicos e não em viaturas motorizadas com motorista incluido.

é uma pena que nunca tenhamos tido e que nunca venhamos a ter. sim, porque numa época em que é a imagem que vende nunca a imagem de um presidente da república cego, de um primeiro-ministro em cadeira de rodas, de um presidente da câmara perneta  ou de um líder da oposição com paralisia cerebral (que, atenção, não é sinónimo de deficiência mental!) "venderia".
hoje, no modo stitchar em que me encontro, imagino-me a partir as perninhas de todos os governantes e opositores e obrigá-los a andar no 200, que vai até ao Bolhão, saírem na paragem de Loios e irem até São Bento.

resumidamente:
1º gostava de os ver a tentar entrar no autocarro. 
2º gostava de os ver a tentar sair do autocarro
3º gostava de os ver atravessar a estrada e a tentar manobrar as cadeirinhas de rodas no espaço de "passeio" que os donos da obra do hotel intercontinental gerem há mais de um ano e que, por exemplo no inverno, obrigava os peões a irem para a estrada. nessa altura nem pensar puxar uma mala com rodas ali, quanto mais uma cadeira de rodas!

isto, obviamente, saltando as partes de arranjar uma casa onde a largura de portas permita passar uma cadeira de rodas, as rampas de acesso, etc, etc, etc...

é que isto de ficar com problemas de mobilidade reduzida pode acontecer a todos e de um momento para o outro! c'a ganas que isto me dá!

Blackadder

para mim a melhor série de todos os tempos.
e que, por isso mesmo, teve também o melhor último episódio de sempre

stitchar

é tudo o que me apetece fazer hoje, e como se não houvesse amanhã.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

(ainda) não

morri. fiz uma tatuagem. fui a Bora-Bora. sei falar italiano em condições. pintei o cabelo de azul. li todos os livros que já comprei. vi todos os concertos que queria. sei dançar o tango comme il faut. fui ao Etna. gosto de polvo cozido. sei o que quero. cresci. nadei com golfinhos. pilotei uma avioneta. conheci ninguém que verdadeiramente me surpreende-se pela positiva. sei o que mais vou querer estudar. me atirei de pára-quedas. fiz nada de notável. consigo parar de rir quando vejo a conferência de imprensa do Futre. tenho uma chaise-longue. sei arranjar o cabelo. cozinho tudo o que gosto de comer. deixei de deixar, quem me tenta contactar por telemóvel, exasperado por não conseguir que eu o atenda. sou capaz de ler o Expresso de fio a pavio. bebo tudo o que me apetece. me esqueci de como gostava de fazer (e comer) sopas de terra e folhas, quando era miúda. tenho automóvel. deixei de me encantar com a lua cheia. perdi o vício de ver debates políticos e seguir as campanhas eleitorais. tomei banho no mar, este ano. fiz um curso de fotografia. parei de posar para fotos, mostrando uma das narinas. voltei a andar a bicicleta desde os meus 6/7 anos. sei o que vai ser o meu futuro. deixei de ser capaz de estar em shirshasana. fui à Argentina. tenho um coração de viana. deixei de ter amigos imaginários.

coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na despensa

domingo, 22 de maio de 2011

para o molho pesto

já não falta tudo :)
maio 2011

sábado, 21 de maio de 2011

o terraço está on fire

maio 2011

sexta-feira, 20 de maio de 2011

e ainda não parou de explodir

maio 2011

it is I: piquenina!

e esta (mensagem) assenta-me que nem uma luva! obrigada!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

depois da bronca com os cartões de eleitor

nas últimas soluções, houve quem se tivesse debruçado sobre o assunto 
e desenvolvido uma ideia bestial.
mas de coisas boas, práticas e grátis a comunicação social 
não parece muito interessada em falar.

mesmo tendo perdido continua a fazer sentido

(braga, maio 2011)

a + pura das verdades


quarta-feira, 18 de maio de 2011

sobre ter juízo

Desde piquenina que vejo o Tarzan andar nú...
a Cinderela chegava à meia noite...
o Pinóquio mentia...
o Ali bábá era ladrão...
o Batman conduzia a 320 km/h...
a Bela Adormecida era uma galdéria...
a Branca de Neve morava com 7 homens...
e o Popeye fumava ganza...
E agora pedem-me para ter juízo ?
 
texto larapiado de um facebook alheio

zero assoluto


la voglia di non ragionare ma vivere sempre disposto a rischiare e ridere... riderne..la gioia di quest’attimo senza pensarci troppo solo gustandolo... le stesse storie e quei percorsi che non cambiano... quelle canzoni e le passioni che rimangono...

terça-feira, 17 de maio de 2011

tal & qual como nos filmes

Lincoln Memorial, Washington D.C., Março 2011

segunda-feira, 16 de maio de 2011

maravilhoso!


domingo, 15 de maio de 2011

caí num riacho gelado e fui salva. amei. cantei em dois festivais. me embebedei. plantei uma árvore. vi os U2 ao vivo. fui surpreendida. estive desempregada. fui a umas mina de sal. morei no cacém. tive momentos de pura felicidade. dei catequese. fui madrinha. fui atacada por um polvo numa praia. morei em bruxelas. ajudei pessoas sem que elas soubessem. fiz dança jazz. fui à caça. fiz voluntariado numa favela em Belo Horizonte. fui menina das alianças, num casamento, depois de ter 25 anos. fiz parte de uma tuna. fui secretária. andei descalça no centro de Braga. me sacrifiquei por outras pessoas. chorei até à exaustão. passei muitas noites sem dormir. corri uma meia maratona. fui magoada. viajei em bagageiras de diferentes carros. fui a umas minas de ouro. me senti única. menti para não comprometer outros. ri até não poder mais. tive o cabelo comprido. fui a um terreiro de candomblé. subi ao Empire State Building. tive uma cólica renal. fiz juras de amor. usei aparelho nos dentes. soube os nomes de todos os rios de portugal. gritei até ficar sem voz.  fui a auschwitz-birkenau. sonhei em ser mãe. quis ser astronauta. estive ao pé das Torres Gémeas. ganhei no bingo.  visitei diariamente um amigo no hospital durante um longo período de tempo. soube tudo sobre ciclos metabólicos.me cruzei na rua com o Kevin Spacey. votei em branco. não tenho avô. dei aulas de yoga. acreditei num Deus católico. li um livro da margarida rebelo pinto. vi o nightmare before christmas mais de 30 vezes. salvei o meu gato. dancei à chuva na rua. consigo pintar as minhas unhas com um resultado aceitável. andei num jipe alemão da 2ª guerra mundial. fui ao museu americano de história natural. saltei de um barco no meio do mar mediterrâneo e nadei para ir visitar umas grutas. vi uma tragédia grega em grego. fui de propósito ao supermercado para doar produtos ao banco alimentar. 

sábado, 14 de maio de 2011

momento LOL da semana

retirado de um facebook alheio

sexta-feira, 13 de maio de 2011

brucia come un taglio nel sale

estudo pouco italiano. infelizmente.
na verdade, e devo confessar, tenho cada vez menos paciência para estudar nos moldes clássicos, para testes e afins. atenção que isto não é sinónimo de falta de paciência para aprender. gosto muito de aprender, não confundamos os conceitos.
a esta equação há que adicionar o facto de eu ter uma memória de peixe, e há sempre coisas que não têm propriamente "uma razão/explicação" lógica. há regras que ou se decoram ou se treinam. gosto mais de treinar, mas não um treino clássico de exercícios num livro.
por exemplo aprendo melhor léxico novo, pronomes, preposições e verbos aprendendo/ouvindo canções (e quem me conhece sabe que eu tenho um vasto reportório de canções que sei cantarolar em diversas e variadas situações). fica-me quase imediatamente na memória. 
também por essa razão pedi uma lista de cantores italianos à professora de italiano. agora divirto-me a procurar músicas no youtube e a ouvi-las. acreditem que em apenas duas músicas já adquiri mais léxico novo do que em meia dúzia de aulas.

não somos todos iguais não é? mas o mais importante é que encontremos o método que nos serve e eu, graças não sei bem a quê ou a quem, neste momento posso dar-me ao luxo de escolher este.

e é isto

o blogspot esteve quase 24h numa acção de manutenção/actualização (????) não permitindo que, durante esse período de tempo,  os autores dos blogs pudessem fazer o que quer que fosse no seu blog.
durante essa "acção" apagou posts de quinta-feira e, após o acto consumado, nem um e-mail de justificação, de pedido de desculpa, NADA a quem tem um blog neste domínio.

há coisas que me tiram do sério e isto, de não ter o mínimo de respeito e consideração por quem utiliza um serviço, é uma delas!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

não há dinheiro que pague...


o privilégio de poder usufruir desta vista diária da 


janela do comboio urbano nas minhas viagens 


Braga-Porto-Braga



maio 2011

kabum

maio 2011

quarta-feira, 11 de maio de 2011

50 000... aaaaaaaaaaaah e a exagerada sou eu!

para treinar o italiano!

gato+ciência=

em t-shirts, sacos e canecas. aqui.

terça-feira, 10 de maio de 2011

ele há dias em que...

só apetece fugir!... e, é normal.




 





o problema começa quando esses dias começam a perfazer meses.

e se...

o edredão servisse de caderno (gigante)??

não será muito prático para levar ao supermercado com a listas de compras  mas...
poderão comprar o edredão, as canetas e outros objectos aqui

love you burton

via icanread

segunda-feira, 9 de maio de 2011

o que quero ser quando for grande

que aquilo que:
sei (penso)
sinto
falo 
faço

sejam o mesmo e iguais entre si, em cada uma das situações da vida.
coerência, portanto.

efeito relaxante

olhar para o Miu a dormir.
maio 2011

o que nós também precisamos saber... e não só os finlandeses

domingo, 8 de maio de 2011

rosas

na casa d'avó
abril 2011

sábado, 7 de maio de 2011

1 minuto


sexta-feira, 6 de maio de 2011

explodiu!


palavras descartáveis

tenho saudades de escrever aqui um texto longo e inspirado mas cada dia que passa estou mais desorganizada. desorganizada e cada vez mais dona de um discurso descartável - usa e deita fora.
obrigada a muito escrever "o que devo", acabo por ficar sem palavras para o que escreveria "por prazer".

um dia destes voltarei a esses posts. espero.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

um rímel e um PhD

uma vez mais volto à tese sobre a inutilidade de possuir um PhD.
fui comprar um rímel. achei que era uma tarefa fácil. chegada à loja deparo-me com mais de uma dúzia de opções. sem conseguir solucionar a problemática tive de pedir a ajuda de uma das meninas da loja. ela olhou fixamente para as minhas pestanas de perfil e, prontamente, pegou no rímel adequado.
de seguida atacou-me uma das pestanas e quase me deixou a chorar (porque eu não estava capaz de cumprir uma simples indicação dela: "olhe para baixo").
a seguir passou-me o rímel na mão e disse-me: coloque na outra pestana senão vou fazê-la chorar.
e sim menina, quase que me fez chorar, quando me apercebi que, não só não sei escolher um rímel, como também não o sei colocar em condições.

mais uma evidência de que para nada serve um PhD!

mala sutra

quarta-feira, 4 de maio de 2011

quase 3 anos depois...

da inauguração deste blogue, passámos as 50000 visitas.
eu, que nunca tive a pretensão de ser visitada a não ser por meia dúzia de amigos, não posso deixar de me sentir contente e espantada com este número redondo.
obrigada pelas visitas que fazem a este planeta :)

prestes a explodir!

há quem não durma sem o seu ursinho

 e há quem não durma sem o seu pirilampo

terça-feira, 3 de maio de 2011

políticos portugueses: aprendam a fazer uma conferência de imprensa.

um je ne sais quois

foto by Carmenzita e sua lente

segunda-feira, 2 de maio de 2011

(exemplos de) coisas que não entendo...

1. o cabelo do Roberto Leal
2. a teoria das cordas
3. o júbilo e a euforia com a morte de Bin Laden


é impressão minha...

ou passou a existir uma Via Verde da beatificação?

duas noites seguidas

a deitar de madrugada durante o fim-de-semana... resultará numa semana
loooooooooooooonga

  © Blogger templates 'oplanetadapiquenina' by oplanetadapiquenina 2009

Back to TOP