quinta-feira, 30 de abril de 2009

itália, sardenha, cagliari...

domingo vou para a sardenha, mais concretamente para cagliari...
parece que estes senhores são de lá :) ou pelo menos tocam música tradicional de lá

a minha pancada por itália ou as coisas que se aprendem ao almoço ou 25 de abril sempre

hoje fui almoçar com criaturas super interessantes :) uma delas é italiana e ensinou-me que em Itália também se comemora o 25 de abril!

apesar de “25 aprile” e "25 de abril" não serem o mesmo, ambos estão irremediavelmente ligados ao fim do fascismo.
em Itália o “25 Aprile” deu-se em 1945, quando os "partigiani" (guerrilheiros anti-fascistas) e as forças aliadas libertaram o país da ocupação das tropas nazis, pondo fim à ameaça do regresso do fascismo.

agora, gosto ainda + do 25 de abril/aprile

vai ser dia 3 e eu não vou cá estar mas já me estou a rir para adiantar serviço

Miu=kamikaze (ao quadrado)

cada vez mais exasperado por não ir para o terraço agora, no meio do nada, decide atacar-me a cabeça e morder-me a cana do nariz!

ontem foi um dia... bom!

não aconteceu nada demais, mas no final do dia havia um bom sentimento no ar.

atenta ao que dizem sobre mim, ontem foram várias as "pérolas":

"ela só tem é coragem de dizer o que toda a gente pensa"
[a D. à hora do almoço a propósito do meu comentário sobre um atraso do grupo]

"que chatos (eu+madscien)!"
[foi a Mini me (entre sorrisos) porque eu o madscien nos estávamos a meter com ela a propósito de ela ter ido com um artigo para a fila do almoço. quando voltámos começamos a brincar a dizer que em vez de histórias ela lia artigos ao filho para adormecer]

"só te ouvia a ti a rir."
[foi a rena malvada que permaneceu numa sala enquanto eu fui a uma outra sala com o grupo que estava na workshop]

"com tanta coisa para dizer sobre afm como é que te lembraste dessa?"
[o formador da workshop. ele disse que 300KHz significava que a ponta batia na amostra 300 vezes por segundo ao que eu comentei: "gosta de apanhar!"]

"ela é SEMPRE assim"
[novamente a rena malvada para responder ao comentário anterior do formador da workshop]

eh pá, sei lá, se calhar sou mesmo eu! :D

gosto e dá-me SEMPRE vontade de dançar

quarta-feira, 29 de abril de 2009

sem palavras... hilariante!

White People Problems


como ainda no outro dia dizia lá no lab, a propósito da epidemia pré-verão "ai que estou tão gorda", só se preocupam com isso porque não têm problemas graves. e ainda bem!

é bom quando nos olham de fora e fazem esta devolução de imagem. obrigado madscien por mais esta descoberta!

apaixonei-me... por meio quilo de morangos!


trouxe-os comigo e já foram conhecer o meu estômago mais de perto. nham. nham.


cenas (3)

Never ending story

Foi o primeiro filme que vi no cinema ainda mal sabia ler. Nunca mais me esqueci desta cena.
O cavalo que se afunda no pântano da tristeza, porque está triste...

(as coisas que se guardam na memória!)

terça-feira, 28 de abril de 2009

"aquela frase lembra-me de ti"

hoje o Raio de Sol saíu-se com esta frase, no meio de uma conversa que entabulámos via Skype, a propósito de uma inauguração que aconteceu lá no seu planeta (vejam aqui).

e a frase que o faz lembrar-se de mim é:
Se as flores que desenhaste não se parecem com as de mais ninguém, fixe.
[in Coisas verdadeiramente importantes que os meus filhos me ensinaram]

gosto de feedbacks e gostei de ser associada a esta frase!
:)

um "furacão" chamado Glória...

hoje a Glória vai lá a casa e, quando eu voltar, a casota terá um cheiro a lavado, artigos (re) arrumados (numa lógica muito própria) e tudo estará a brilhar...

um dia destes vou-vos falar sobre ela, mas por agora só vos quero dizer que já sonho com o cheiro a sabão natural que vai impregnar a casota ;)

garfield and i

acho que sou parecida com o garfield. (pronto e isto dar-vos-á azo para poderem fazer as interpretações que vos aprouver)


eu, o Nuno e a Xu partilhamos este gosto pelo garfield e em tempos trocávamos tiras dele, todos os dias! agora é o Nuno que, de vez em quando, faz as "honras da casa". como três pessoas a gostar já é uma multidão decidi inaugurar esta nova rúbrica.

sou "tal e qual" este bicho. digo eu!

tiras copiadas daqui

Futi e Frivo lidades... (3)

sabem uma coisa que me vai custar nesta viagem?

perder a estreia da nova série d'Os Contemporâneos.

eu sei, é estúpido, mas que querem? a vida também é feita de estupidez :)
pelo menos a minha é feita de muita parvoíce e estupidez natural!

by the way as criaturas e a série foram nomeadas, e não foi para os globos de ouro :P

para saberem mais cliquem aqui.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Na mesinha de cabeceira (8)

"O rapaz do pijama às riscas", na verdade, nunca chegou a estar na minha mesinha de cabeceira. Isto porque duas viagens de comboio chegaram para o ler. Escrito por John Boyne conta-nos a história de uma família de um alto posto alemão que é deslocado para Auschwitz. O holocausto visto pelos olhos de um rapaz de 9 anos. Digamos que é touching sem ser traumatizante (um pouco à semelhança do filme "A vida é bela) e com um final irónico.

As últimas frases são bem expressivas de tudo isso:

"Este é o fim da história de Bruno e da sua família. Claro que tudo isto aconteceu há muito tempo e nada parecido poderá voltar a acontecer.

Não nos dias de hoje, não na época em que vivemos."

é, não é?

uma música dedicada a MIM

uma (nova) semana... um (novo) ano?

confesso que no início da semana tenho o mesmo sentimento que normalmente as pessoas têm no final do ano. acho que tudo pode mudar e que pode melhorar. não tem sido assim e às vezes sinto-me ridícula nesta minha expectativa, mas continuo a insistir no erro.


segunda-feira é sempre um dia sofrível, mas nada comparado com outros tempos em que o sofrimento começava domingo por volta da hora do almoço na antecipação do que me esperava na segunda-feira.


esta semana será uma semana passada entre compromissos e a preparação para a viagem. para além disso ainda tenho uma rotina adicional de tratar o enfermo e o meu antigo pc ainda não está totalmente recuperado (espero pelo menos conseguir deixá-lo a consertar num local de confiança).


hoje o dia já começou atrasado, porque isto de ter que dar medicação a um gato, que há dois dias não pode sentir o vento nos bigodes e correr livremente pelo terraço, não é propriamente tarefa fácil. confesso que me custa vê-lo preso. é como se também eu tivesse presa. lembro-me que quando foi para lá muitos me disseram para ter cuidado com o terraço, que se calhar era melhor não deixá-lo sair... e confesso que quando ele começou a saltar o muro temi (e ainda temo) que desaparecesse. e uma noite em que ele "desapareceu", no início do ano, fiquei mesmo desconsolada. no entanto insisto em não o ter preso. não é da natureza dele, nem da minha... mesmo que isso um dia me custe a perda dele.


para combater então este início de uma semana/dia agitado hoje arranjei-me mais :) às vezes ajuda a sorrir. nada demais, para dizer a verdade, mas para quem anda (quase) sempre de calças de ganga vestir uma saia é um "happening" :)


que venha então um "novo ano" recheado da expectativa de que tudo pode ser melhor!


Post Scriptum O meu teste funcionou! Logo começarei a agendar posts para a semana que estarei fora. Clap! Clap! Clap!


teste um, dois, três... teste

Estou para aqui a experimentar deixar a publicação deste post mediante um agendamento. Como vou estar fora uma semana (no início de Maio), não sei se vou ter tempo e oportunidade de aceder com frequência à internet e gostava de deixar alguns posts escritos, vim para aqui fazer uns testes...

vamos ver se eu e esta ferramenta passamos o teste ;)

domingo, 26 de abril de 2009

o que me emociona (12)

o 25 de abril. emocionam-me sempre as imagens que passam neste dia, os testemunhos, as músicas. quando estava em Lisboa e ia à manifestação com a minha mãe, também me emocionava sempre. e não se trata de uma questão partidária. emociona-me o que um todo é capaz de fazer. emocionam-me as imagens do Salgueiro Maia. emociona-me porque, nunca tendo crescido privada dessa liberdade, me custa a imaginar o que será isso. e gosto dos cravos vermelhos. uns dizem que são flor de cemitério mas eu cá gosto.

vivo com uma ditadora - para quando o 25 de abril dos gatos?

Acho-lhe uma piada a falar do 25 de Abril… realmente!


25 de Abril para os humanos e para o gato que vive com ela? Bom, para o gato que vive com ela, nada! Ditadura I MAI NADA! Não sei se me vou escapar ao “delete azul”.

E porquê isto? Sim, na sexta-feira à noite vomitei e ontem de manhã vomitei duas vezes, a última vez o vómito tinha cor de post-it amarelo. So what? Pronto e também esticava o pescoço como se tivesse alguma coisa na garganta. Um gato também tem direito a ir para os copos e não é vergonha nenhuma se uma vez por outra não conseguir aguentar tudo. Mas não, com esta menina não! Ontem lá tive que ir na minha caravana, enquanto ainda estava nauseado, para ir ver à vet. E ontem não me estava nada a apetecer ver a vet. Ela é giraça e tal mas ontem estava a adivinhar que ela me ia arreliar. Gajas! Pffff!

E adivinhei mesmo. Tive que fazer um Raio X, e ao princípio até achei que podia ser bom, eu e a vet numa salinha. E melhor ainda quando ela chamou a minha dona. Eu e duas miúdas numa sala. Hum… Mas quando elas vestiram o avental azul e puseram uma espécie de cachecol comecei a perceber que se calhar a coisa ia correr mal. E correu! Uma a puxar-me as patas da frente e outra a puxar-me as patas de trás e a pôr-me de lado para me tirar uma fotografia ao estômago e ao intestino. Bom, eu sei que sou lindo, mas há partes de mim mais bonitas para fotografar. Depois quiseram comprar-me com comida, mas eu não me vendi! E como se não tivesse bastado o que me tinham feito antes depois levei duas injecções no lombo e uma mistela amarela na boca, que não era cerveja! Depois ouvi-as falar de que tinha uma gastrite e mais não sei o quê… as miúdas são umas stressadas e inventam!

Vim para casa e finalmente pude descansar da noitada.

Hoje, porém, descubro que não posso ir para o terraço. Combinaram as duas que não posso ir para lá, porque isto se calhar foi alguma coisa que comi e que me fez mal e porque é preciso vigiar se não volto a vomitar e mais não sei o quê! Portanto isto do 25 de Abril é uma g’anda treta porque eu estou privado da minha liberdade. Mais é que depois disto vou ter outra gaja a chatear-me, sim porque a minha nina vai-me lixar os bigodes quando eu lhe voltar a aparecer.
Pronto eu sei que se fosse outra dona ela nunca me teria deixado pôr, em tempo algum, uma pata no terraço mas se já deixou porque é que agora me prende aqui???

Não gosto!
É muito difícil ser gato nesta casota! Libertem-me!

PS1 Enquanto ela não me libertar não vou parar de correr de um lado para o outro aqui.


PS2 Tenho de pôr uma nota mental para não me esquecer que o bom de adoecer é que tenho direito a comida de latinha e a muitos mimos. Miiiaaauuuu.

Gira-Discos vs Mp3 - 45

Olá. Ontem com a enfermidade que assaltou a criatura felina não pude celebrar aqui e convosco o 25 de Abril. Coisas que acontecem.

Mas, para continuar no espírito, deixo-vos no Gira-Discos uma dose dupla, Tanto Mar de Chico Buarque e O que faz falta do eterno Zeca.






No Mp3, Sérgio Godinho e Camané com Ela tinha uma amiga.

sábado, 25 de abril de 2009

007 e afins

estou a acabar de rever o 007 com o enfermo aqui bem enroscado em mim.
será que é desta que começa o meu sossego?

35 anos do 25 de abril

tou doente,,,


e não me apetece falar. depois conto-vos, mas já fiz Raio-X, já levei duas injecções, tou a fazer medicação...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

feli... nidade (11)


2007-2009

hoje faz dois anos que me mudei para a casota.
e pronto, era só isto que queria dizer.

Adenda: Mãe Sisa, vocês (e todos os outros) também ficaram a ganhar... uma casota que também é vossa :)

e vocês, onde estavam? (4)

1 cantiga de outros tempos - a caminho dos 35 anos do 25 de abril (4)

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Pin & Pon


cortei o cabelo e agora a loiraça chama-me Pin&Pon! vale o facto de que gosto dela, à brava! ;)
obrigado Dani, gostei mesmo desta saída de gajas! não podia estar a trabalhar num local com melhor ambiente.

birras are over

as maravilhas da tecnologia permitem isto:
falar com o meu afilhado e vê-lo!
vê-lo a almoçar.
ver o novo standing frame.
comunicar com ele.

ele mostra-me os símbolos de SPC, com a ajuda da mãe, e diz-me que:
- gosta de mim
- tem saudades minhas e
- me quer vir visitar

aaaaaah, passaram as birras TODAS! TODAS! TODAS!
TODAS!

gostava de ter olho de fotógrafa mas desde + piquena que só ouço dizer que tenho olhos de gato

para tirar fotos assim como esta da Mariana Sabido


ou esta da Jen ou esta da Wynona


(...)
pronto, basicamente sou uma invejosa. é isso!

ele há conjuntos de palavras que são... BESTIAIS

(...)
Then happy I, that love and am beloved
Where I may not remove nor be removed.


[W. Shakespeare]

tempo de qualidade


a todos os designados por animais de estimação que me seguem, este post é para vocês!


há algum tempo que me debato com a problemática da falta de tempo, esse tema tão em voga na actualidade. esta vida stressante que levamos, o tempo que não passamos com os nossos donos. desde o piriquito, ao cão, passando pelo cavalo, hamster e acabando nas pulgas, todos com quem tenho falado se debatem com a mesma questão: "como passar mais tempo com os nossos donos?". se para uns a resposta é mais fácil, a pulga, por exemplo, desenvolveu um sistema em que pode passar 24h por dia junto do seu dono isso fica mais complicado quando falamos, por exemplo, de um cavalo lusitano.

não podendo ajudar todos não quero, porém, deixar de dar o meu contributo à comunidade felina. ora não querendo eu abdicar da minha carreira, e das exigências que ela acarreta, opto por aquilo a que chamo de um tempo de qualidade. basicamente resume-se a arranjar uma desculpa para não ficar com problemas de consciência e que assenta na capacidade de ficar concentrado na minha dona durante um curto espaço de tempo. partindo desta permissa desenvolvi um jogo, que tem dado muito bons resultados. o jogo chama-se "adivinha que som é este" e costumo jogá-lo logo de manhã, antes de ir para o meu dia cheio de afazeres. normalmente jogo com ela depois de eu já me ter arranjado e ter passado 15 minutos a miar desalmadamente e a saltar-lhe em cima do lombo, à espera que ela se levante. quando ela finalmente se levanta e vai para o banho, aí sim começa verdadeiramente o jogo! esta é uma regra super importante que convêm não esquecer. em alternativa ao banho podem escolher uma qualquer outra tarefa que os vossos donos não possam largar (trocar a fralda ao puto, colocar uma lente de contacto, responder ao apelo fisiológico da mãe natureza, sei lá...). comigo o banho funciona na perfeição. assim que ela está no banho começo a fazer barulhos de destruição, mas que não são de fácil identificação. pode passar pelo barulho de derrube de objectos, até algo que se possa assemelhar à destruição da cadeira do escritório ou até a demolição da despensa... a imaginação é o limite!

os resultados são excelentes! o vosso dono vai ficar super concentrado e activo logo de manhã e estabelece-se uma ligação difícil de romper. a minha dona, por exemplo, começa o dia logo obcecada por mim, só oiço "Miuuuuuu". digo-vos deixarão uma marca que permanecerá e para sempre os vossos donos lembrarão este tempo de qualidade que lhe dispensaram e crescerão sem traumas!

obviamente que esta técnica continua a não ser de fácil aplicação para o cavalo lusitano, mas esses meus leitores poderão eventualmente encontrar outras sugestões em publicações da especialidade, tal como a: "donos de cavalos lusitanos: o que você sempre quis saber sobre este espécime e nunca ousou perguntar".

um ron-ron muito grande para todos vós que me lêem! o sempre vosso,

Miu

1 cantiga de outros tempos - a caminho dos 35 anos do 25 de abril (3)

e vocês, onde estavam? (3)

quarta-feira, 22 de abril de 2009

para ouvir no terraço a ver o pôr do sol a afagar o gato a beber um copo de vinho tinto e a cheirar a alfazema da floreira

birra "mental"

foi assim que a Mãe Sisa classificou a minha birra e, sim, é isso!

por acaso sou capaz (a maioria das vezes) de deixar as birras à porta, quando vou estar com pessoas ou em ambientes que não são causadores dessa birra. a mesma coisa me acontece com pessoas. lá porque estou chateada com alguém não deixo de interagir bem com outros.

às vezes, até, quanto mais estou com a birra mais gargalhadas provoco. fico completamente insane e só digo parvoíces. depois volto à birra quando estou a sós comigo.

e quando sei que não consigo fazer isso, fujo de interacções.

coisas que acontecem.




a foto é da Rita Monteiro e tirei-a daqui.

rabugenta e a fazer birra

só ainda não comecei a bater com os pés no chão e a guinchar enquanto mantenho os braços bem cruzados...

sei lá, acontece!

adicionalmente tenho sono... muito sono! queria a minha cama e desligar do mundo.

tenho 10 minutos para começar a arrebitar e depois mais 15 minutos para deixar a má disposição no caminho. entrar com um sorriso nos lábios no lab muda logo tudo. em mim e nos outros. mesmo que às vezes custe.

acredito que um sorriso e uma gargalhada são o melhor antídoto para a rabugice :)
keep your fingers crossed (for me)

1 cantiga de outros tempos - a caminho dos 35 anos do 25 de abril (2)


A formiga no carreiro
Andava a roda da vida
Caiu em cima
Duma espinhela caída
Furou furou à brava
Numa cova que ali estava
E de cima duma delas
Virou-se prò formigueiro
Mudem de rumo
Já lá vem outro carreiro

e vocês, onde estavam? (2)

terça-feira, 21 de abril de 2009

dias há...



em que o que me faz levantar é a certeza íntima de que o futuro será muito menos extenso que o passado





a foto é da Candida Mendes e tirei daqui

1 cantiga de outros tempos - a caminho dos 35 anos do 25 de abril

e há quem cante de pantufas
p'ra não perder o lugar
a cantiga só é arma
quando a luta acompanhar

e vocês, onde estavam?

de boca aberta

cenas (2)

um dos meus filmes preferidos e um dos actores que mais gosto.

- It's hard to trust someone you don't understand. You are a very strange man.
- You have NO idea!


segunda-feira, 20 de abril de 2009

i guess i'll just have to adjust


Somethin’ filled up
my heart with nothin’,
someone told me not to cry.

[arcade fire]


a foto é de karula e tirei-a daqui

curto... ficar entre ela e a TV


domingo, 19 de abril de 2009

cenas (1)

a propósito do post sobre a cena do notting hill, decidi inaugurar uma nova rúbrica.
chamar-se-á "cenas" e nela vou colocar passagens de filmes que me agradam ou que, por algum motivo, me ficaram na memória.
:)

às vezes é assim que nascem rúbricas.


retratos (2) em resposta à microdeusa

cara micro,
aceito a tua oferta e fico à espera do meu retrato pintado por ti. (como infelizmente não cheguei a receber o teu postal de natal estou ansiosa por poder ter uma obra de arte tua, aqui na casota)
se mais alguém quiser arriscar fazer o meu retrato é "na boa".
pode ser um esquema, um desenho, em suporte de papel, informático ou outro.
e se chegar a receber alguma obra de arte, prometo divulgá-la aqui no planeta.

Gira-Discos vs Mp3 - 44

Nesta edição tudo canta em português e aos pares.

No Gira-Discos João Afonso com Uxia, Entre Sodoma e Gomorra.



No Mp3 Cesária Évora com Marisa Monte, É doce morrer no mar.



Bom Domingo e boa semana.

o brownie é meu :)

gosto desta cena...

sábado, 18 de abril de 2009

gosto de... corações de viana







gosto da forma destes corações. a falta de simetria. gosto destes corações "enfeitados" por dentro... gosto.

curto... dormir em cima dela



curto... dormir em cima dela.

sentir-lhe a respiração, o peito subir e descer.


e ela, inevitavelmente, acaba a afagar-me o lombo com aquelas mãos sempre, sempre quentinhas...


hum... lucky me :)

quiçá algo que nunca viram... as entranhas de um leitor de dvd





um contacto imediato com as patas do Miu, fê-lo conhecer o chão mais de perto.




depois restou-me abrir a caixa de ferramentas, abrir o dvd e pô-lo novamente a funcionar.




missão cumprida!

sou um conquistador

ah e tal dizia que não gostava de gatos...

:)

preguiça

não sei o que me anda a dar, mas ando tão cansaaaaaaaaaaaaaaada.
todos os finais de dia são sofridos, quando chego a casa e tudo o que apetece é dormir mas ainda há 1001 coisas para tratar e fazer.

não tenho o ritmo de trabalho de alguns, e ainda bem senão morreria, e não entendo porque fico assim.

o sofá tem sido o companheiro inevitável. e não é preciso deitar. adormeço sentada mesmo.
uma. duas. três. quatro. muitas noites seguidas...

sexta-feira, 17 de abril de 2009

caravana Xpress


estou cansado e quase, quase a sucumbir a uma crise de SAS, juntamente com a minha dona.
mas como já há muito tempo que não vos escrevo decidi vir aqui ainda hoje.
quando saio da casota, para ir de viagem, uso esta minha caravana :)
eu sei, alguns (incultos) classificariam esta caravana de panisga, mas eu cá digo-vos que ela tem é um ar hippie. afinal sou um adepto do amor livre, flower power... aaaaaaaaaah aqueles anos 60!

vou viajar - novidade #3

gosto de... viajar (mas isso será para outro post, noutra rúbrica) :)

vou voltar a viajar e para um país que me encanta sem que eu tenha nenhuma razão racional para o facto. este ano, se tudo correr bem, irei duas vezes a Itália.

:)

shhh... lembram-se de eu falar que tenho um fascínio por ilhas? pois é, a primeira dessas viagens será à Sardenha!

Clap! Clap! Clap!

preto no branco - novidade #2

"- chamei-vos aqui hoje para pôr tudo preto no branco. senhor R. quer ou não ser operado?
- quero sr. Dr. quero."

basicamente foi isto! hoje, como podem perceber, voltámos ao hospital de São João para nova consulta.

e pronto, um mês e 10 dias depois da primeira consulta e dois meses depois do primeiro contacto (por email), o meu pai vê uma esperança de diminuir uma dor que o incapacita há quase 40 anos ao alcance de uma operação. falarei disto mais detalhadamente mas por agora apetece-me dizer que parece que estamos na Dinamarca. um processo limpo, eficaz e sério num espaço de tempo extraordinário :)

há serviços que funcionam muito bem, há "coisas" novas a acontecer...
YES, WE CAN! (e permitam-me acrescentar, depois desta semana corrida, YES WEEKEND!)

a minha vida de volta - novidade #1

tenho a minha vida de volta :)


falo de toda a minha vida que estava documentada e particionada em 1001 pastas do meu pc!

conseguiram recuperar tudo o que tinha de informação no disco. ufa, que alívio!
é incrível a falta que um pc faz, nos dias que correm.

no entretanto tive que injectar mais capital na economia, porque o enfermo precisou de levar um disco novo...

este mês já fiz muito pela economia.muito!

retratos

há muito tempo li o retrato de Dorian Gray e amei!


agora estou a ler o retrato do sr. W.H.

como ainda há tempos disse a uma criatura, um dia destes contrato um Basil para pintar o meu retrato :)

amanhã é sempre longe demais

continuo no mesmo ritmo de ontem.
mas há bastantes novidades.

agora espera-me uma reunião que vai ser loooooooooonga.

hoje falar-vos-ei do que aconteceu. amanhã é (sempre) longe demais. (eu tinha que conseguir deixar aqui uma música dos rádio macau! tinha e consegui ;))

can't wait for the weekend.


quinta-feira, 16 de abril de 2009

a vida num só dia

andei à procura desta música dos rádio macau, mas não a encontrei.

seria a banda sonora para este dia.

muitas tarefas cumpridas, mas ainda não vai ser hoje que vos conto. aliás quem tem muito que contar é o gato deste planeta ;) que também tem andado desaparecido.

vou ter um ataque de SAS e volto amanhã.
beijos e abraços, indiscriminadamente.
a foto é do Joe Taruga e tirei-a daqui

move it

um dia corrido...
parei agora para almoçar e vir aqui.
ontem, nem jantei.

mais tarde volto para vos contar.
no entretanto, move it!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

a pipoca tinha razão

a pipoca hoje (em especial) esteve em grande.
às 17h33 enviou-me um email e tinha razão!
acho que a melhor maneira de celebrar o acontecimento será deixar aqui as suas palavras, as palavras de quem segue este berloque.
não será a opinião de todos, mas é a opinião de 1!
e 1 conta tanto como 5000, neste caso ;)


5000
tenho a certeza que hoje o teu blog completa 5000 visitantes
é bué...
5000 pessoas...
mesmo que sejam sempre as mesmas
mas como não é possível sermos os mesmos depois de qualquer experiência
inclusive a de aterrar diariamente nesse planeta
são na mesma 5000 pessoas!
;)

um poema para o meu planeta

a mais recente pipoca da blogosfera enviou-me um email que dizia: "um poema para o teu planeta"

gostei tanto que o vou deixar aqui, e vou ficar a pensar em como é que o vou pôr permanentemente neste planeta.


No mistério do Sem-Fim,
equilibra-se um planeta.
E, no planeta, um jardim,
e, no jardim, um canteiro:
no canteiro, uma violeta,
e, sobre ela, o dia inteiro,
entre o planeta e o Sem-Fim,
a asa de uma borboleta.

[Cecília Meireles]

a foto é do João Paulo Terrazam e tirei-a daqui.

I can resist anything but temptation*

vi este vídeo ontem no blogue da Laurinda Alves e não resisti a deixá-lo aqui também.
a criatividade é a melhor arma para ultrapassar as dificuldades.
um telemóvel, uma boa ideia e sensibilidade foi tudo o que se usou para rodar este filme e o resultado é este! bestial!




*Oscar Wilde

obsessões

música em replay ad eternum...
este senhor e a sua banda têm sempre um lugar nessa minha lista de "replays"


o jaquinzinho já mexe e é o máximo!

eu baptizo as plantas, a Carmenzita baptiza o equipamento informático :)
quando me deu uma pen há uns anos atrás, passou a denominá-la de "amparito". ontem, enviou-me uma mensagem a dizer que tínhamos que dar um nome a este meu novo "bicho". hoje quando abro os emails, um começava assim: "Então o "jaquinzinho" já mexe?!!!!". está o baptismo feito.
menos de 24 horas depois de ter comigo o jaquinzinho já sou fã. 1Kg representa fácil transporte, sem sacrificar umas costas que já estão boas para a reforma e uma autonomia de bateria que em nada se compara com o meu outro portátil :) aaaaaaaaaaah as maravilhas da tecnologia.
mas quero mesmo que o meu pc recupere da sua enfermidade e que consigam recuperar os meus preciosos ficheiros. afinal tenho uma vida dentro daquele pc e não quero formatar essa vida. custou muito chegar aqui onde estou não quero apagar a minha vida toda e começar do início (por muito que isso, por vezes, seja tentador).

terça-feira, 14 de abril de 2009

o que me emociona (11)

porque me revejo amplamente nesta atitude bronca e impaciente... (infelizmente)


porque há gente que parece que nos conhece desde sempre ou o que me emociona (10)


escreveram isto sobre mim.

fiquei emocionada. obrigado minha maf (dos abraços)

sem pc... HELP!

o meu pc ficou enfermo e morreu para o mundo e eu achei que ia morrer com ele.

incrível como um computador se tornou peça essencial de um quotidiano.

hoje fui adquirir um Eee pc para remediar a situação até ver se o outro poderá ressuscitar...

a ver vamos, mas quero-vos somente dizer que estou de volta!

eu e agora um pc do meu tamanho :)

domingo, 12 de abril de 2009

Gira-Discos vs Mp3 - 43

Em Domingo de Páscoa temos um "clássico" no Gira-Discos. Wham com Different Corner. No entanto para verem o clip original terão que ir aqui.




No Mp3, Fingertips com Cause to Love You.



Eu sei, tudo demasiado teen-love-lamechas. Ponham as culpas no "Agridoce". Blllaarrrghhhhh. Tenho que acidificar rapidamente :)
Bom Domingo!

sábado, 11 de abril de 2009

porque há quem nos torne mais ricos

devo várias coisas à minha Carmenzita, mas ainda não é hoje que vou falar dela "comme il faut".
da Carmenzita vão ouvir falar um destes dias quando eu fizer um scan de uma foto dela que é BESTIAL (e que vive na minha casota) e quando tiver um stock suficiente de Kleenexs para me acompanharem na escrita. às vezes, poucas, tenho um coração que parece manteiga ao sol.

nestes últimos dias devo-lhe atenção, mimo e um telefonema que ainda não fui capaz de fazer.

às vezes trocamos miminhos pelo email, e digo às vezes porque na maioria das vezes é ELA quem me envia mimos.

hoje enviou-me um Miuminho e, sem ela o saber quando escreveu no subject do email, acabou de inaugurar uma nova categoria e uma nova rúbrica!

Miuminhos, mimos de um gato preto...

Obrigado Carmenzita...

Post Scriptum 1 Já agora fica um convite público. Carmenzita não quererás tu escrever um texto para a rúbrica Sala de Visitas??? hein???!!! vá lá, aqui para a "sobrinha desnatada que não vale um tostão furado"! vá lá! vá lá! vá lá! vá lá! vá lá! vá lá! vá lá!
Pleeeeeeeeeeasssssseeeeeeeeeeeee

Post Scriputm 2 Pronto, agora já sabem como é que eu consigo que escrevam aqui para o Planeta. É na base do pedido insistente e chato :)

dias de urso :)

há quase um ano, numa fase complicada, estava eu com o Raio de Sol no skype quando ele me falou de um urso que tinha visto numa loja do aeroporto e que tinha uma frase. nunca mais me esqueci dessa frase e acho que se aplica, na perfeição, a esta fase que atravesso.

some days are more BEARable than others

agridoce

bom, está terminado o "Agridoce" e por muito que me custe a admitir não foi uma boa compra.
demasiado doce. demasiado romântico. demasiado telenovelesco.

está visto, vou ter que me dedicar a uma leitura amarga para compensar.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

árvores

já quis ser planta e ter como alimento o Sol :)
hoje quero ser árvore, com raízes fundas, com ramos frondosos. quebrada pela neve, talvez, mas que vai em busca de água e que morre de pé...

portugal profundo

a ligação à net aqui é lentíssima... por isso a minha comunicação vai ser mais esporádica.

mas venho aqui somente para vos informar que já tenho o papinho cheio de migas!
e está um frio bom para justificar uma sesta prolongada...

bom descanso!

quinta-feira, 9 de abril de 2009

piquena adenda ao post anterior

bestial como surgem prontamente comments aos meus posts mais "intimistas".
bestial também como os(as) amigos (as) são total e absoluta mente parciais!

re... encontros com me, myself and I

às vezes dou por mim de...
... sencantada,
... siludida
... pressiva

e acrescento a isso uma tristeza pelo facto de me sentir assim. Porque acho que não tenho motivos para isso (que diabo!) sou saudável, tenho uma família, tenho amigos que me aturam, tenho um bom ambiente de trabalho, tenho trabalho, tenho um gato que me alegra, vivo num sítio agradável... porque raio é que estes sentimentos me assaltam?

Depois percebo que sou uma insatisfeita. Na verdade estou muito melhor do que há um ano atrás e há dias em que me sinto tão triste ou mais do que nessa altura. Nesses dias guardo em mim a certeza de que devia ter nascido aqui onde me encontro, Trás-os-Montes, e ter passado a vida toda a guardar cabras (com chocalho - é uma piada entre mim e a minha comadre mais velha ;)) que seria muito mais feliz. Mas rapidamente percebo que não, sendo herança genética ou influência do meio ou meio-meio, que seria sempre insatisfeita e que se guardasse cabras provavelmente ficaria insatisfeita por serem cabras e não serem ovelhas, vacas ou avestruzes.

E assim como percebo isso, rapidamente também percebo que tenho aprendido (the hard way) que a vida é demasiado preciosa e que tem demasiado potencial para que querermos somente o que ela nos dá! A maioria das vezes ela não é justa e por isso temos que "arregaçar as mangas e ir à luta", e que isso não implica necessariamente e a toda a hora acção. Às vezes "ir à luta" é adoptar uma atitude pacifista (connosco). Não nos agredirmos!

Estes re... encontros que vou tendo comigo, apesar de esquizóides, são bons!

“I have the simplest tastes. I am always satisfied with the best.” [Oscar Wilde]

quarta-feira, 8 de abril de 2009

irs Xpress


esta miúda não sabe fazer nada sem mim! N-A-D-A. assim lá tive que me levantar e ajudá-la com a papelada do irs. enfim!

apaixonei-me... outra vez!


gostei da sinopse, gostei da capa (sim, sou mulher e essas coisas pesam after all!) e gostei do título.

simultaneamente ácido e doce, como a vida e como eu...

(sim, e com uma dúzia de livros emprestados lá em casa e mais dois ou três novos, sem ainda terem sido lidos, e com outros dois que ando a ler em simultâneo tudo o que eu precisava era de outro livro!)

I can't believe the news

deixei de ver telejornais... é sempre um rol de desgraças. definitivamente as criaturas nas redacções acham que good news are no news... e é pena.


terça-feira, 7 de abril de 2009

Na mesinha de cabeceira (7)

Il gattopardo o livro, e não o filme de Visconti. Eis uma leitura que terminei hoje. Comprei-o numa feira do livro no metro, antes de mais uma ida para o hospital para uma consulta de avaliação do meu pai. Foi lido em duas semanas, somente nas viagens de comboio. Escrito por Tomasi di Lampedusa, conta a história de uma aristocracia decadente e moribunda, tendo como palco a Sicília. Parece-me que, mais do que nunca, a Itália se anda a atravessar no meu caminho (e não estou a falar de terramotos!).

"A morte, sim, existia, sem dúvida, mas era coisa para os outros; Don Fabrizio pensava que é devido à ignorãncia íntima desse consolo supremo que os jovens sentem as dores de uma forma mais aguda do que os velhos: para estes, a saída de emergência está mais próxima."

a única maneira de ser alta e loira

Gosto de... Tim Burton

não necessariamente a criatura em si, mas dos universos que ele cria. já aqui falei de como tenho uma obsessão pelo "Nightmare Before Christmas" (que, contrariamente ao que muitos pensam, não foi realizado por ele mas sim escrito). gosto. gosto. gosto e aconselho sempre e vivamente a quem não conhece. gosto dos ambientes negros que o senhor importa para os seus filmes, cheios de pormenores deliciosos. para além dos vários filmes de animação, lembrarei para sempre o seu Batman, o Marte Ataca (hilarious) e o Big Fish (talvez o mais surpreendente, tendo em conta os restantes filmes). mas confesso que são os filmes de animação que me deixam os olhitos a brilhar :)

deixo-vos:
1) com aquela que é a sua primeira curta metragem e que, desde o início, está na barra lateral deste berloque e



2) um pedacinho do meu pesadelo de estimação :)


It's just a flesh wound!

este é o meu sketch favorito dos Monty Python!
sei-o de cor, já o vi vezes sem conta e, inevitavelmente, ri-o que nem uma louca de cada vez que o revejo.

o Black Knight é o cúmulo do optimismo (e da incapacidade de perder)e adoro o modo como, já completamente "desfeito", declara que ele triunfa sempre! :)

às vezes é preciso saber perder, mas mais importante é saber manter o optimismo em situações adversas ;)


segunda-feira, 6 de abril de 2009

há sempre uma cor em tudo...

É que a Mamã Monet sabe com toda a certeza que há sempre uma cor em tudo:

os beijos são brancos e as canções são alaranjadas, vermelhas ou cor-de-rosa, tal como o entardecer é violeta ou a tristeza é azul.

in "Um Mundo de Mamãs"

a foto é do Raul Morgado e tirei-a daqui.

what are your dreams made of?

Poemas que vivem na Casota da Piquenina (22)

Dizem que a paixão o conheceu

dizem que a paixão o conheceu
mas hoje vive escondido nuns óculos escuros
senta-se no estremecer da noite enumera
o que lhe sobejou do adolescente rosto
turvo pela ligeira náusea da velhice

conhece a solidão de quem permanece acordado
quase sempre estendido ao lado do sono
pressente o suave esvoaçar da idade
ergue-se para o espelho
que lhe devolve um sorriso tamanho do medo

dizem que vive na transparência do sonho
à beira-mar envelheceu vagarosamente
sem que nenhuma ternura nenhuma alegria
nenhum ofício cantante
o tenha convencido a permanecer entre os vivos

[Al Berto]

domingo, 5 de abril de 2009

mimos de domingo à tarde

"I want more, impossible to ignore"

Se chegar a velha viva quero ser como a mulher mais velha que hoje foi ao jantar.
65 anos e dançou até às 3h30 da manhã!
Assim vale a pena!
E pronto, mulheres dos 30 aos 65 fizeram a festa!
I want more!
Uma música para dançarem, também a dançámos hoje, com uma letra que poderia traduzir parte do momento que "se atravessa na minha vida" :)


sábado, 4 de abril de 2009

Gira-Discos vs Mp3 - 42 (edição antecipada)

Bom, como vou para o regabofe (gosto desta palavra) vou antecipar a edição dominical da rúbrica, Gira-Discos vs Mp3.
Não sei se já repararam, mas adoptei uma nova táctica e agora embebo as músicas aqui no post. Ao fim de algum tempo passam a estar também disponíveis na barra lateral.
Alteração esta que veio na sequência de interacções em que muitos me confessaram que não iam à procura das músicas na barra lateral. E como eu gosto mesmo de vos dar música, cá ficam.

Esta semana, no Gira-Discos, uma música de que gosto mesmo muito! Infelizmente o Tu Tubo não tem o vídeoclip original, em que o vocalista tinha menos uns 15 quilos e o teclista aparecia numa nave espacial. Erasure, I Love to Hate You.

And the lovers that you sent for me
Didn't come with any satisfaction guarantee
So I return them to the sender
And the note attached will read
How I love to hate you
I love to hate you
I love to hate you
I love to hate you




No Mp3 uma menina que, não sendo dos anos 80/90, tem uma sonoridade renovada que vai buscar muita inspiração a essas décadas. Lilly Allen com Fear.




Girls Just Wanna Have Fun

A chega-meumnumeromaior enviou-me uma versão alternativa do clássico, popularizado pela Cindy Lauper, "Girls Just Wanna Have Fun".

E sem saber acertou na mouche!
É que hoje vou ter uma noite de miúdas! Jantar à beira-mar e depois forrobodó e regabofe :)

É sabido, desde a Grécia Antiga, que grupos de mulheres são sempre muito ruidosos e por isso acho que esta versão das Chipettes, em tom esganiçado, ainda se adequa melhor ao que será esta noite!

Chega-meumnumeromaior you just made my day!

Aqui fica, também para vocês, para conferirem ;)


  © Blogger templates 'oplanetadapiquenina' by oplanetadapiquenina 2009

Back to TOP